Imagino quantos, em algum momento da vida, tiveram algum tipo de atrito com o pai ou viveu sob as asas de um pai rigoroso ou até queria vê-lo pelas costas… O tempo passa e nos mostra que apesar das divergências, apesar de não haver manual para pais, apesar de nossas discordâncias, por trás de cada ação de nossos pais, há certamente uma intenção positiva. O meu, o folclórico e polêmico Romeu Italo Ripoli me reprimiu muito. Houve momentos em que queria me apartar dele. Hoje , não passa um dia sequer que não me lembre dele com imensa gratidão.