Não sei se choro ou se rio. Sei que me emocionei e só tenho uma certeza. A mão de Deus me guiou para escrever essa canção e o Universo ditou – me esses versos.

Uma musica feita para a mulher que luta – que ousa – e que vence. Pra mulher calada, contida, danaaaada da vida. Da mulher que é mulher! E aqui, lindamente interpretada por Paulah Gauss. Valeu, Paulinha!!!